FREE THE JAZZ!!!

IMPROVISED MUSIC, JAZZ ANARCHY, NEW THING, INSTANT COMPOSITION, OUT JAZZ, ALEATORY MUSIC, MODERN FREE, FIRE MUSIC, NOISE, AVANT-GARDE JAZZ, INTUITIVE MUSIC, ACTION JAZZ, FREE IMPROVISATION, JAZZCORE, CREATIVE IMPROVISED MUSIC. FREE THE JAZZ!!!

*SOBRE (about us)...

domingo, 8 de maio de 2011

Um olhar para a Rússia (e cercanias) – V

Sergey Letov é uma das mais ativas e interessantes figuras surgidas no cenário free improv da ex-URSS. Nasceu na cidade de Semipalatinsk, perto da fronteira com a Siberia, em 1956, tendo se mudado para as cercanias de Moscou em meados dos anos 1970. O saxofonista começou a ser notado a partir de sua associação com o pianista Sergey Kuryokhin, que durou uma década (83-93).

O primeiro grupo de destaque com Letov na liderança foi o conjunto de sopros Tri-O, que fundou em 85 com Arcady Shilkloper e Arcady Kiritchenko. O trio excursionou por Polônia, Bulgária, Alemanha, Itália, EUA e levou o nome de seus componentes mundo afora. Letov ampliou seus contatos e, nas décadas seguintes, tocou com gente como Sabir Mateen, Louis Moholo, Akira Sakata, Kazutoki Umezu, Matthew Shipp e Joe Morris –com esses dois em setembro de 2010, na Russia, logo após terem passado pelo Brasil. Desde 2002, tem conduzido o trio/quarteto Russian Sax Mafia.

Letov não é senhor de sopro sônico, tampouco de fôlego amplo. Multi-instrumentista, parte dos saxes tenor e soprano, passando por barítono, clarinete baixo, flauta e alguns sopros orientais. O músico também traz em seu currículo trilhas para filmes e teatro, performances com poetas e artistas variados, além de dar aulas. Destacam-se ainda participações em projetos no “Centro Sperimentale di Teatro a Roma” e no “Theatre of Improvisation in Moscow”. Ao lado de Alexei Borisov, musicou ‘ao vivo’ exibições de filmes mudos de Murnau (Fausto) e Fritz Lang (Metropolis). Seu nome aparece em quase uma centena de álbuns, em meio às sortidas parcerias que tem se envolvido nas últimas três décadas. Infelizmente, tal multiplicidade não resulta em facilidade para encontrar seus discos, pelo contrário.

------------------------------------------------
Em 2002, Letov passou por Israel, onde se encontrou com o pianista russo Michail Agre. Radicado em Israel desde 1990, Agre gosta de explorar, além do piano, sintetizadores e outros teclados. Nesse concerto, captado em 2002 em Tel-Aviv, os dois músicos russos se uniram ao percussionista Oori Shalev, especializado em tabla e hand drums.

**“Live at Tel-Aviv - 2002”**

1. Improv I (16:55)
2. Improv II (5:19)
3. Improv III  (19:21)


*Sergey Letov: saxes, flute
*Michail Agre: piano, synthesizers
*Oori Shalev: percussion, live-electronics

Recorded live at Tel-Aviv, on October 2002.

----------------------------------------------------------------

Nessa outra apresentação, mais recente, Letov se uniu ao jovem artista multimídia Nikita Golyshev (nascido em 1987, em Moscou). O resultado são momentos de deep drone, salpicado de noise e sopro livre, em uma única tomada de aproximados 15 minutos, registrados no National Centre for Contemporary Arts (NCCA), na capital russa. O sax apenas se torna mais audível após os sete minutos da peça. Editado como EP, é um exemplo interessante dos caminhos da improvisação contemporânea.


*Sergey Letov: saxes
*Nikita Golyshev: electronics

Recorded at National Centre for Contemporary Arts, Moskow, on August 27, 2006.

2 comentários:

andre calixto disse...

caraca esse russo é demais !!!valeu fabricio!!!

fabricio vieira disse...

legal que tenha gostado. abs,